Ir para o conteúdo

Município de Bariri e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
35º Previsão para hoje (05 de março) 05 de março
Siga a Prefeitura
Seg - Sex 8h - 17h
comunicacao@bariri.sp.gov.br
(14) 3662-9200
Município de Bariri
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
27
27 ABR 2016
SAÚDE
Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial é promovido pela Saúde
enviar para um amigo
receba notícias

Comemora-se no dia 26 de abril o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), inclusive a hipertensão, são responsáveis por 59% dos óbitos no mundo.

Na manhã desta quarta-feira, dia 27, a equipe do PSF-3 (Programa de Saúde da Família) da Vila Americana, realizou palestras na unidade pelos profissionais enfermeiros e médica, para o Grupo de Caminhada, com a participação de aproximadamente 40 pessoas.

Foram abordados temas como alimentação saudável, prática de atividade física, e orientações quanto ao acompanhamento medicamentoso e aferição frequente da pressão arterial.

As palestras foram ministradas pela médica, Dra. Adriana com o tema “como conviver com a hipertensão” e os participantes puderam assistir um vídeo sobre o assunto. Segundo Sarah Kerbauy, enfermeira do PSF3, "a ação teve como objetivo alertar as pessoas quanto ao risco da hipertensão, sendo está em sua grande maioria uma doença silenciosa, que não provoca sintomas e abordar pessoas que não sentem nada, mas estão com a hipertensão arterial," esclarece.

O evento foi de grande importância para conscientizar o grupo das mudanças dos hábitos em busca de uma vida mais saudável. Foi realizada a aferição da pressão arterial de todos os participantes e após a palestra foi servido um café da manhã.

A hipertensão arterial ou pressão alta é a maior causa de derrames cerebrais, insuficiência renal ou paralisação dos rins, infarto do coração, insuficiência cardíaca, angina do peito, lesões nas artérias e alterações na retina que podem levar à cegueira. As manifestações mais comuns a ela atribuídas, entre as quais dor de cabeça, cansaço, tonturas, sangramento pelo nariz podem não ter uma relação de causa e efeito com a elevação da pressão arterial.

A pressão alta não tem cura, mas seu controle melhora muito a qualidade de vida do paciente. Entretanto, atitudes como medir a pressão arterial regularmente, adotar uma alimentação saudável, reduzir o consumo de sal, manter um peso ideal, evitar o consumo de bebidas alcoólicas em excesso, praticar atividade física regularmente, não fumar e diminuir o estresse ainda não são hábitos comuns da maioria da população.

Cuidados necessários

A hipertensão ou pressão alta não possuem sintomas iniciais. A melhor maneira de descobrir é aferindo a pressão com regularidade. A hipertensão ocorre quando a pressão arterial está acima do limite normal. Considera-se que uma pessoa é hipertensa se os níveis da pressão arterial forem iguais ou superiores a 14 por 9. Nos casos de hipertensão leve, mudanças no estilo de vida – emagrecer e praticar atividades físicas, podem contornar o problema.

Caso a pressão arterial atingir valores acima de 14 por 9 (140 por 90 mmHg), significa que a pessoa está com a pressão alta. Se a hipertensão não for controlada e acompanhada por médicos, pode comprometer o bom funcionamento de órgãos, causar o AVC (acidente vascular cerebral) e o infarto no miocárdio.

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia