Ir para o conteúdo

Município de Bariri e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
30º Previsão para hoje (02 de dezembro) 02 de dezembro
Siga a Prefeitura
Seg - Sex 8h - 17h
comunicacao@bariri.sp.gov.br
(14) 3662-9200
Município de Bariri
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
24
24 NOV 2022
SAÚDE
Aumento dos casos de Covid em Bariri: Momento é de conscientização e responsabilidade
Foto Noticia Principal Grande
O prefeito Abelardinho enfatiza que não é o momento de restrições e sim de orientação: “Precisamos chamar a atenção da população de Bariri para as precauções adequadas”, diz (Fotos: Silvana Paiva)
enviar para um amigo
receba notícias

O prefeito Abelardinho enfatiza que não é o momento de restrições e sim de orientação:
“Precisamos chamar a atenção da população de Bariri para as precauções adequadas”, diz.

A partir desta quinta-feira, dia 24, o  Ambulatório da Covid-19 de Bariri será reaberto, agora na Casa da Mulher. A decisão foi comunicada pelo prefeito de Bariri, Abelardo Maurício Simões Filho, e pela Diretoria Municipal de Saúde, durante coletiva de imprensa realizada na Câmara Municipal na manhã desta quarta-feira (23).

Na ocasião, o assunto principal foi  o aumento dos casos de Covid-19 do município em alerta feito pelas autoridades presentes como o prefeito Abelardinho, a diretora municipal de Saúde, Irene Chagas, a interventora da Santa Casa, Marina Prearo, as médicas Adriana Barbosa e Maria Angélica Marinello e, representando a Vigilância Sanitária, o também vereador Airton Pegoraro.

A diretora municipal de Saúde, Irene Chagas, informa que a concentração da testagem em um local voltará a ser feito para preservar os servidores e também a população que frequenta as demais unidades de saúde. “A partir desta quinta-feira, 24 de novembro, toda a testagem passa a ser das 7 às 17 horas na Casa da Mulher, e não fechará durante os jogos da Copa. Essa volta da concentração de testagem num único local acontece, pois os números vêm aumentando e estamos no pico da doença novamente. Essa nova variante é muito rápida e silenciosa”, esclarece.

A diretora recorda que, na semana passada, foram confirmados 70 positivos no município, além de um óbito de um idoso com comorbidade. Irene também informa que nesta semana, até a manhã desta quarta-feira (23), mais 56 casos foram registrados.

Irene enfatiza a  importância da imunização e explica o porquê da vacinação estar ocorrendo apenas duas vezes na semana e em duas unidades. Atualmente a vacinação ocorre às terça-feiras no Centro de Diagnose e às quinta-feiras no SOMA 2. 

“Hoje temos 17.801 pessoas faltantes, número que engloba os que não tomaram nenhuma dose e os que iniciaram a vacinação e não retornaram para concluir o esquema vacinal. Por isso, 1.259 doses foram retiradas de uso pois venceram. No entanto, não temos mais a quantidade de imunizantes disponível que tínhamos lá atrás. A vacina chega somente de terça e quinta-feira, sendo distribuída no Centro de Diagnose e no SOMA 2. Agora é preciso aguardar a liberação de mais vacinas pelo Governo do Estado. Assim, com maior número de vacinas, poderemos voltar ao ritmo anterior”, informa Irene.

Também, a médica Adriana Barbosa reforça que a Covid não acabou e orienta para que a população esteja atenta a todos os sinais. “A doença está vindo mais fraca devido às vacinas, porém ela continua. O problema está sendo a pneumonia silenciosa que a Covid está dando. Os pacientes estão vindo com sintomas mais leves e variados, como dores de cabeça, de garganta e no corpo, coriza e diarréia. Nem sempre há tosse ou sintomas mais característicos da doença. Os munícipes devem procurar o ambulatório da Covid a partir de qualquer sintoma”, comunica Adriana.

Já a médica Maria Angélica Marinello informa sobre o isolamento dos pacientes. “Recomenda-se sete dias a partir do início dos sintomas. Pode-se retornar às atividades normais após 24 horas sem sintomas e sem uso de antitérmico. Se os sintomas excederem esse tempo, pode chegar até 10 dias de isolamento, isso com avaliação médica. Se houver contato com algum infectado e apresentar sintoma, é preciso procurar atendimento médico. A questão não é momento de desespero, e sim de responsabilidade”, alerta a médica.

Na mesma linha, o prefeito Abelardinho enfatizou que não é o momento de restrições. “Hoje é somente orientação. Precisamos chamar a atenção da população de Bariri para tomar os cuidados necessários. A vacinação hoje não é o primordial e sim a conscientização. Continuem procurando os postos de Saúde sim para se vacinar, mas sem correria, sem pânico e sem aglomeração”, orienta.

Ainda, a orientação da Diretoria de Saúde é que  sejam usadas máscaras em ambientes fechados, em especial nas unidades escolares, comércio e  supermercados. Dentro das unidades de saúde o uso é obrigatório.

Internados

Com a abertura novamente do Ambulatório da Covid-19, será possível aliviar a demanda de atendimentos feitos pela Santa Casa de Bariri. A avaliação é feita pela interventora da instituição, Marina Prearo, pois o fluxo de atendimento no Pronto Socorro local triplicou nos últimos dias, com pessoas em busca de testagem de Covid-19 e de assistência médica.

“Bariri passa por uma situação que pode ser controlada por todos. Hoje, na Santa Casa, temos dois positivos internados, um de Bariri e outro de Itajú, e um suspeito de Bariri internado. Um dos positivos está internado na Unidade Intermediária, devido ao quadro de pneumonia. Tivemos um óbito na semana passada. Então, o alerta é para que todos façam a sua parte. O Ambulatório da Covid voltando a funcionar, agora na Casa da Mulher, vai ajudar muito a Santa Casa na diminuição da demanda que temos hoje”, informa.

Nova variante BQ.1

A Covid-19 retomou crescimento em quatro Estados. Segundo a Fiocruz, houve aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) com resultado positivo para Covid-19 na população adulta do Amazonas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Nas últimos dias, houve o aumento nos testes positivos para Covid em laboratórios particulares e farmácias, além de unidades de saúde, o que levou epidemiologistas a alertarem para uma nova onda da doença no país. Ao mesmo tempo, houve a identificação de uma nova variante do coronavírus, chamada de BQ.1.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), que realiza o monitoramento contínuo das diferentes linhagens, aponta que a cepa já foi detectada em 65 países, incluindo o Brasil, e apresenta uma prevalência de 9%.

Uma série de ações permite reduzir os riscos da transmissão da Covid-19 e de outras doenças como a gripe e resfriados. Além do uso de máscara, medidas de higiene como a lavagem das mãos, o uso de álcool gel e distanciamento de pessoas sintomáticas contribuem para reduzir os riscos da infecção.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia