Ir para o conteúdo

Município de Bariri e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
27º Previsão para hoje (19 de abril) 19 de abril
Siga a Prefeitura
Seg - Sex 8h - 17h
comunicacao@bariri.sp.gov.br
(14) 3662-9200
Município de Bariri
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
21
21 MAR 2023
GABINETE
INFRAESTRUTURA
Prefeitura de Bariri intervém com limpeza em casarão abandonado na XV de Novembro
enviar para um amigo
receba notícias

O casarão foi ocupado por usuários de drogas que faziam suas necessidades
fisiológicas no local, resultando no mau cheiro que se espalhava ao redor

A Prefeitura de Bariri precisou intervir com a realização de  limpeza no casarão abandonado, localizado na avenida XV de Novembro, em frente à Igreja Matriz “Nossa Senhora das Dores”. 

A má situação do local foi denunciada ao Ministério Público do Estado de São Paulo, com documento protocolado em 27 de fevereiro. Segundo a denúncia à Promotoria de Justiça de Bariri, feita por proprietários de imóveis vizinhos, o casarão foi ocupado por usuários de drogas que faziam suas necessidades fisiológicas no local, resultando no mau cheiro que se espalhava ao redor.

De acordo com a informação do diretor municipal de Infraestrutura da Prefeitura Municipal, Claudenir Rodrigues (Fredy), a Promotoria de Justiça fez pedido para que a Vigilância Sanitária tomasse medidas de intervenção em relação ao casarão, pelo perigo que representava à saúde pública.

“O mutirão para limpeza do prédio contou com a participação da Vigilância Sanitária, Conseg, Defesa Civil, diretorias de Infraestrutura e Obras e Meio Ambiente, Saemba, empresa Latina Ambiental e da Polícia Militar”, informou Fredy.

O diretor também explicou que foi feito um bloqueio na porta e outros meios de acesso ao casarão, para evitar que pessoas entrem no local. Além disso, autoridades sanitárias do município vão fiscalizar o prédio regularmente, para garantir que não ocorra mais a situação encontrada anteriormente. 

 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia